O humilde trovador das belezas de nossa terra

Fragmentos – 1982

Ensaio poético, onde o autor promove através da ação poética, incursões literárias em várias situações do ser humano, existindo forte presença da religiosidade.

Obra lançada na Igreja Presbiteriana no ano de 1982.
O autor contesta a forma com a religião é trabalhada na Igreja Presbiteriana.

No livro de oitenta páginas, o autor demonstra seu desconforto, frente as injustiças sociais, entrando por isto no processo político partidário.

O livro fragmentos, prefaciado pelo poeta Newton Alfredo, onde devido a finança fora trabalhado e impresso sem melhores cuidados de uma obra literária, tornou-se válido devido o conteúdo nele existente, e pelas ideias que denunciam o ideal do autor.

Dimensionando o amor

Vou cantar o amor, simples perfeito
Niemeyer empresta-me tuas formas,
Burle Marx tuas flores,
pintassilgo as plumagens do teu peito
Cícero tua erudição, Da Vinci tuas cores.

Vou cantar o amor, complexo puro
anjo Gabriel empresta-me tua leveza
Pontes de Miranda tua alma de jurista
Mestre Pixinguinha, tira uma nota
da tua flauta com pureza,
socorrei-me, dai-me vossa inspiração artista !

Vou cantar o amor difícil, o amor ao próximo
Marta, Maria, empresta-me o gênio do bom Lázaro,
Samaritano, empresta-me teu desprendimento,
rasga as alças das tuas vestes, não sejas avaro
abra os embornais do teu unguento.

Vou cantar o amor humano, sacana, viril
Sargentelli empresta-me tua mulata,
Roberto e Vinícius teus poemas e canções
Sansão empresta-me a tua força que dilata
para rebentar e dilacerar os corações.

Vou cantar o amor absoluto, divino
colibri empresta-me o néctar da rosa, roubado
Mar empresta-me tua grandeza e profundidade
Maria empresta-me tua pureza teu anjo alado
Cristo ajuda-me com teus sofrimentos e tua divindade!

SÚPLICA

Senhor, onde estás que não vês
A miséria do mundo, profetas blasfemando
Fome presente, guerra eclodindo, criança em nudez,
A falta de amor, o ódio horrendo imperando!?

Cansaste Senhor, da criatura por ti criada,
Feita à tua imagem e semelhança?
Ou arrependeste, por vê-la deformada,
Na criança desnutrida, no velho abatido, no jovem sem esperança?

Nesta Sodoma e Gomorra, instaurada,
Levanta-te Senhor, ânimo! Pois eles buscam-te,
E talvez, buscando na tua caminhada,
Também te motives Senhor, a animar-te!

Sabemos que tu não és conivente,
Com as loucuras do humano que geraste,
Mas pareces desanimado, no teu ser imanente,
Ao veres o vil ser manente que tu criaste.

Entre esses seres vis, entretanto,
Algum existe (exceção à regra)
Que dependendo da tua misericórdia e manto,
Crê, prossegue, insta, procura e prega.

Suplico, rogo-te Senhor!
Oportunidade uma vez mais à este ser,
Pois certo é que tua rejeição, teu desamor,
Irá extinguí-lo e induzi-lo a não te pertencer.

 

JUSTIÇA

Pressuposta sensora dos Seres,
uma mulher de olhos vendados, a simbolizar,
em uma mão balança e dizeres,
na outra a espada a despedaçar

Ávida e peremptoriamente, por todos buscada,
encontrada por alguns outros a perseguir,
qual palha solta ao vento levada,
qual vento forte que sopra sem demolir.

Não sabemos se assim és, por natureza
por tua essência , enfim o porque ?
Ou se os homens que a manuseiam com destreza,
aviltando, procrastinando, adulteram-te .

Se és assim bela justiça,
como no retroreferido, tu te conjecturas,
se és assim virtuosa justiça,
melhor seria desvendar-te, deixar cair a balança
e quebrar a espada da tua armadura !.

Mas, sabemos que divina tu justiça , és ,
o erro está naqueles que te aplicam,
em que pesem as togas negras,
cabeleiras brancas sobre a tez
em que pesem as aparências sérias e austeras
dos que em ti militam !.

Mas, nossa esperança ainda persiste,
sabemos que um resquício de amor à justiça
na coragem e tenacidade de alguns, se encontra
mesmo ao fazerem justiça, recebem critica, recebem afronta !

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: